Legislativo

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (09) o plenário da Câmara de Vereadores de Campos recebeu a visita da superintendente da Igualdade Racial do município, Lúcia Talabi. Após a abertura dos trabalhos, os vereadores apresentaram 18 processos de Indicações Simples, um Requerimento e receberam o Projeto de Lei sobre a Lei Orçamentária 2019 para tramitação.

Antes de entrar na pauta da sessão o presidente da Câmara, Marcão Gomes (PR), convidou a superintendente da Igualdade, Lúcia Talabi, para fazer uma explanação sobre a Abolição da Escravidão no Brasil – data celebrada no dia 13 de maio.

“Venho falar sobre os 130 anos de abolição no Brasil e também o Dia das Mães. No próximo domingo essas duas datas serão comemoradas. Ambas merecem profunda reflexão. Sobre a Lei Áurea são 130 anos, mas a mentalidade escravagista ainda perdura e nós seguimos resistindo. Agora sobre a mãe, essa palavra sagrada, voltada para a mulher que precisa lutar sempre mais para ter seu trabalho reconhecido. A mãe negra sofre duas vezes, com o machismo e o racismo. Vamos seguir atentos às datas comemorativas, pois por trás delas sempre há o que lutar. Estou aqui hoje para pedir o apoio de vocês nessa luta”, concluiu Talabi.

De volta aos trabalhos, os vereadores puderam apresentar suas Indicações Simples e o presidente justificou as ausências dos vereadores Geraldinho de Santa Cruz (PSDB), Igor Pereira (PSB) e Jorginho Virgílio (PRP).

Por fim, entrou para tramitação o Projeto de Lei nº 0030/2018, enviado pelo Gabinete do Prefeito, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária para o ano de 2019, e dá outras providências.

*Por Vivianne Chagas - Ascom Câmara Campos