Sidebar

Menu Principal

25
Sáb, Mai

 

Legislativo

A Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes realizou sessão ordinária nesta quarta-feira (20), quando foi anunciada a composição da CPI do Fundecam. Ainda nesta sessão, o plenário acompanhou o discurso da superintendente da Igualdade Racial, Lúcia Talabi. Os vereadores discutiram e aprovaram 46 processos de Indicações Simples e dez processos de Requerimentos.

Lembrando o Dia Internacional contra a Discriminação Racial no dia 21 de março, a superintendente da Igualdade Racial, Lúcia Talabi, discursou, no início da sessão, sobre a importância da conscientização. “É preciso conscientizar da existência e permanência desse crime em nossa sociedade para mudarmos o cenário. É admitindo estarmos doentes que podemos nos curar. O ser humano não é nada além daquilo que a educação que ele recebe proporciona. Que educação queremos para nossos filhos?”, questionou.

Durante a sessão, o presidente da Câmara, Fred Machado (PPS), leu o Ato Executivo 0012/2019 que institui a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a apurar no prazo de 90 dias, prorrogáveis, possíveis irregularidades na concessão de créditos pelo Fundo de Desenvolvimento de Campos (Fundecam), desde sua fundação em 2001. Para integrar a CPI, foram nomeados os seguintes vereadores: Jorginho Virgílio (PRP), Abu (PPS), Neném (PTB), Silvinho Martins (PRP) e Paulo Arantes (PSDB).

Os vereadores nomeados para composição da CPI foram convocados para a instalação da comissão instituída, que será realizada no dia 25 de março, às 15h, no gabinete da presidência, quando será eleito o relator. A presidência será exercida por Jorginho Virgílio, que é o primeiro signatário do requerimento.

*Por Ascom Câmara Campos