Parlamento Mirim

O grupo de vereadores mirins da Câmara de Vereadores de Campos chegou nesta quarta-feira (21) a Brasília onde participam do Plenarinho 2015 da Câmara dos Deputados. Os jovens de Campos irão defender o projeto “Incentivo a produção audiovisual nas escolas”, de autoria do estudante Bruno da Costa Pajola.

“É com muita felicidade que trouxemos nossos vereadores para participar desse momento em Brasília. A nossa esperança é que através dessas crianças, que hoje sabem como funciona a política, haja uma renovação. Estamos aqui com muito orgulho dos nossos vereadores mirins”, disse o presidente da Câmara de Campos, Edson Batista.

Durante a visita ao gabinete da deputada Clarissa Garotinho, o ex-deputado Anthony Garotinho presenteou os vereadores mirins com a Constituição Federal.

“Nós devemos exercer a nossa cidadania o quanto antes, portanto quando vemos adolescentes aprendendo os direitos que tem e seus deveres é muito bom. Quem sabe um dia um deles estará aqui ou na prefeitura. É uma alegria para nós saber que nossa cidade está aqui representada. Gostaria de parabenizar o doutor Edson Batista, pela iniciativa”, disse.

Em seguida a deputada deu conselhos aos jovens. “São adolescentes de Campos e a gente fica muito orgulhoso de velos aqui, vivenciando o que se passa aqui na Câmara. Quero parabenizar o Bruno e desejar boa sorte com seu projeto. Um conselho que dou aos que se interessarem pela vocação política é para fazer uma nova política e se afastar da política tradicional”, afirmou Clarissa Garotinho.

“É um prazer muito grande receber nossos conterrâneos aqui com o ilustre presidente Edson Batista e os vereadores mirins, que entre 700 projetos enviados para a Câmara dos deputados está entre os 3 escolhidos. Isso prova a atuação brilhante do presidente Edson Batista na Câmara de Campos”, afirmou o deputado Paulo Feijó.

Ryan Sardinha falou em nome dos colegas vereadores. “Esse projeto tem o objetivo de incentivar não só que os estudantes assistam, mas também produzam material audiovisual nas escolas”.